dia 13/7 estréia “Rock’n’Roll”

WhatsApp+Image+2019-06-17+at+16.38.39.jpg
 
 

“Rock'n Roll" marca o primeiro "Refluxo" da SURR.

Esse é um rock de Deus e do Diabo, para dançar e para gritar! Um ruído livre, jovem, impetuoso, despretensioso e furioso.

O Blues-Rock nasce do encontro de “Muddy Waters” e “Rolling Stones” com “The Hellacopters” e “Raul Seixas”. A simplicidade cria espaço para uma libertação cega aos sentidos. Riffs marcantes e um swing brasileiro respiram em meio ao caos.

Seja o primeiro a ouvir, faça o pré-save da música no link abaixo!

 
 

 

 Confira nosso canal

capa_inteira.jpg

Prólogo

by SURR
SURR (34).jpg

Conflitos sociais e políticos dão o tempero em “Prólogo”, primeiro disco da Banda SURR

 

Músicas vão do rock clássico ao trash metal,

 mas preservam a identidade da banda

 

A Banda santista SURR lançará o primeiro disco da carreira no dia 10 de maio, a partir da meia-noite, nas plataformas digitais.  “Prólogo” nasceu empoderado e com um instrumental violento. O disco tem todos os ingredientes para marcar 2019 na história do rock nacional.

 

A exemplo de muitas celebridades internacionais, os roqueiros Yuri Cruz Costa (letras e voz), Lucas Costa (guitarra), Avanir Neto (baixo) e Gui Miranda (bateria) farão um pré-save, no dia 2 de maio, oito dias antes do lançamento oficial.

“O câncer se espalha nas ruas, ninguém é só bom, ninguém é só mau. Primeiro o pão, depois a moral." O single “Câncer” é a porta de entrada para o disco, seguido por “O Grito”, “Carne e Osso”, “Mundo”, “Resistentes”, “A Queda”, “Extermínio Tropical”, “Nascidos para Matar”, “Réquiem”, “Fogo Amigo”, “Estado Nacional”, “Força, Enxada e Voto” e “Genocídio Frankeinstein”.

 

“Prólogo” tem influências que vão do rock clássico ao trash metal. Apesar das diferentes sonoridades, a identidade da banda sempre se mantém. “Um som de protesto e questionamento político e social. A letra é o ponto de partida de tudo. Essa mensagem é levada por uma voz agressiva, riffs marcantes e batidas fortes”, explica a banda.

 

O álbum é um retrato sonoro feito sob o olhar da SURR sobre o comportamento na sociedade em que se vive. “As letras falam sobre conflitos de todas as proporções, externos e internos, nacionais e mundiais, individuais e coletivos sem razão absoluta. O objetivo é único: fazer da música e da arte uma arma, um grito revolucionário.

 

Em fevereiro, SURR havia lançado o single “Carne e Osso”. Em dezembro do ano passado, veio “Réquiem”. O single, que entrou na Playstist oficial do Spotify "Metal BR", foi inspirado em tudo o que a banda mais gosta no trash metal, riffs firmes e pontuais misturados com o peso que cria um forte refrão. Antes, mas no mesmo ano, foi lançada a faixa “Fogo Amigo”, que trouxe um rock pesado e uma letra impactante cheia de protestos e questionamentos.